Um dia, a jovem mãe Mônica é diagnosticada com câncer de mama, ainda no início da manifestação da doença. Este acontecimento abala família, principalmente os filhos pequenos. Para se proteger do medo da doença e da morte, o filho Leonardo, de 9 anos, cria um mundo fantasioso, no qual os heróis de seus brinquedos às vezes vencem a luta contra o mal, às vezes não. Após a cirurgia de remoção do nódulo, Mônica enfrenta o tratamento de quimioterapia. Cheia de incertezas, mas mantendo a esperança, encara com coragem esse doloroso momento de sua vida e ainda consegue forças para, de maneira sensível, ajudar os filhos pequenos a compreender a situação e a enfrentar o medo da morte.
Fonte: http://www.ftd.com.br/detalhes/?id=5591